A água é um elemento necessário para a vida, um recurso escasso e frágil que é também essencial para o desenvolvimento económico e industrial. Na Barcelonesa estamos conscientes disto e é por isso que lhe fornecemos produtos específicos que ajudam na gestão sustentável deste recurso, assegurando o respeito e o cumprimento da legislação.

Para além de lhe oferecer os produtos adequados às suas necessidades, oferecemos-lhe os nossos serviços de formulação, gestão de resíduos, armazenamento, logística e serviços de embalagem. 

Aconselhamento técnico especializado

Graças à experiência, conhecimento dos produtos e da sua aplicação, a nossa equipa técnica especializada pode oferecer-lhe soluções técnicas altamente rentáveis adaptadas às suas necessidades.

Ampla gama de produtos e soluções

Na Barcelonesa, temos uma gama muito vasta de produtos e soluções e temos capacidade para fazer as nossas próprias embalagens e embalagens personalizadas.

easyB: Tecnologia ao seu serviço

Queremos que gaste o seu tempo no que é realmente importante. É por isso que concebemos o easyB; a nossa plataforma online onde pode facilmente gerir as suas encomendas, consultar/transferir toda a documentação de que necessita e consultar a nossa carteira de produtos.

Estação de Tratamento de Águas Residuais Industriais

As Estações de Tratamento de Águas Residuais Industriais, ou ETAR’s Industriais são estações que tratam as águas residuais produzidas por uma ou mais indústrias. Estas plantas tratam a água utilizada nos diferentes processos industriais que requerem processos de tratamento especiais devido às suas características específicas (resíduos, gorduras e óleos flutuantes, areias e elementos grosseiros que a água pode conter, materiais orgânicos e inorgânicos decantáveis são eliminados, e matéria orgânica biodegradável dissolvida na água é também eliminada). 

Normalmente, são os setores industriais onde este tipo de instalações pode ser necessário: 

  • Indústria Automóvel
  • Agricultura e indústria pecuária
  • Indústria química e cosmética
  • Indústria farmacêutica
  • Indústria têxtil e de curtumes
  • Indústria do papel

Etapas da ETAR Industrial

Para um tratamento adequado, as águas residuais industriais passam por diferentes etapas:

Homogeneização da água

Nesta fase, podem ser aplicados processos para ajustar o pH, bem como para separar os sólidos maiores. Desta forma, os sólidos provenientes da empresa podem ser removidos, resultando numa clarificação das águas residuais que é adequada para processos de tratamento posteriores.

Tratamento físico-químico

Nesta fase, a matéria residual é separada da água com coagulantes e floculantes. As gorduras e os sólidos em suspensão também podem ser separados por flutuação ou decantação.

Tratamento biológico

Dependendo do tipo de água a ser tratada, são aplicados diferentes sistemas de tratamento. Por meio de antiespumantes e nutrientes, podemos otimizar a matéria orgânica residual.

Tratamento de lamas

Na parte final do processo, é instalado um sistema para engrossar e desidratar as lamas. Para esta última fase do processo, podemos utilizar floculantes ou cal.

Produtos Químicos para Estações de Tratamento de Águas Residuais Industriais

Seguidamente, encontrará a nossa gama de produtos específicos para serem utilizados em WWTPI. 

  • Gama BD DEPURFER
  • Gama BD DEPURAL
  • Gama DEPURGREEN
  • BD SODAL
  • Formulações específicas
  • Gama BD Polifloc
  • Gama PH MINUS
  • Gama PH PLUS
  • Depurcal
  • Depurflow
  • Gama BD ANTISKUM
  • Gama BD BIOFOOD
  • BD BLENDPHOS
  • Depurcal

Obtenha uma cotação imediata
para o produto que necessita

Estação de Tratamento de Águas Residuais Urbanas

As Estações de Tratamento de Águas Residuais Urbanas ou ETAR´s urbanas são muito semelhantes às industriais, exceto que recolhem as águas residuais geradas pela população, tratam-nas através de uma série de tratamentos e processos para finalmente as devolver a um canal recetor (rio, reservatório, aquífero ou mar). Este tipo de estação de tratamento de águas residuais remove contaminantes como, por exemplo:

  • Objetos grosseiros tais como pedaços de madeira, trapos, plásticos, etc., que são lançados na rede de esgotos. 
  • Areias
  • Gorduras e óleos
  • Sólidos em suspensão de natureza e origem muito variadas. Uns 60% dos sólidos em suspensão são sedimentáveis e 75% são de natureza orgânica.  
  • Compostos orgânicos e inorgânicos de fácil oxidação (provocam um consumo do oxigénio presente no meio em que são descarregados).
  • Nutrientes tais como azoto e fósforo provenientes de detergentes e fertilizantes. 
  • Agentes patogénicos que podem produzir ou transmitir doenças. 
  • Contaminantes emergentes, provenientes de produtos de cuidados pessoais, produtos de limpeza doméstica ou produtos farmacêuticos.  

Etapas da ETAR urbana

Para o tratamento de águas residuais urbanas, estas passam por diferentes etapas: 

Gradagem

Esta etapa remove sólidos de pequena e média dimensão que podem danificar ou bloquear o equipamento mecânico nas fases seguintes da estação de tratamento.

Tamisação

Os sólidos suspensos são reduzidos por filtração através de um tamisador.

Decantação primária

O objetivo desta etapa é remover o máximo possível dos sólidos sedimentáveis, sob a ação exclusiva da gravidade.

Reator Biológico

Nas estações de tratamento de águas residuais urbanas é necessário acrescentar um processo que inclua um tratamento biológico com sedimentação secundária, no qual a matéria orgânica é eliminada. Isto é realizado com a ajuda de microrganismos que atuam sobre a matéria orgânica.

Decantador Secundário

No processo anterior, ocorre a floculação, gerando agregados de maior densidade. Estes agregados são conhecidos como lodo ou lama e são transportados para esta fase subsequente de sedimentação, onde o lodo é separado do efluente pela ação da gravidade.

Desidratador de lamas

Nas etapas finais da estação de tratamento de águas residuais, são geradas lamas secundárias ou biológicas. O conteúdo de água da lama é removido e a lama é transformada em sólidos facilmente manejáveis e transportáveis. Podem ser desidratados por centrifugação, filtros de correia, secagem térmica ou leitos de secagem.

Produtos químicos para estações de tratamento de águas residuais urbanas

Seguidamente encontrará a nossa gama de produtos específicos para utilização em ETAR’s urbanas.

  • Gama BD DEPURFER
  • Gama BD DEPURAL
  • Gama BD SODAL
  • Gama BD DEPURAL
  • BD SODAL
  • Gama BD POLIFLOC

Necessita da ajuda da nossa equipa técnica?

Estação Potabilizadora

As Estações Potabilizadoras são infraestruturas responsáveis pela eliminação de microrganismos, parasitas ou substâncias que, numa dada concentração, podem representar um risco para a saúde humana. Em cada país, as autoridades reguladoras são responsáveis por estabelecer os critérios sanitários e de qualidade da água para consumo humano e a estação de tratamento de água é responsável por assegurar que estes requisitos são cumpridos.  

Etapas Estação Potabilizadora

Para poder tornar a água potável, esta passa por diferentes etapas 

Captação

Este é o processo de recolha da água e é geralmente feito por meio de um conjunto de eletrobombas que elevam o líquido para a câmara de carga e depois é levado para os tanques. Durante a bombagem, a água passa por uma série de grelhas de diferentes tamanhos para reter o máximo possível de resíduos sólidos.

Coagulação

Uma vez a água nos tanques, todas as partículas são separadas para que flutuem e possam ser removidas mais facilmente através da utilização de coagulantes e floculantes. Formam-se sólidos, conhecidos como flocos (floculação), coágulos ou grumos. Durante este processo, as algas e o plâncton na água são removidos.

Sedimentação

Nesta etapa, a água passa por um decantador onde, devido à gravidade, o floco cai para o fundo do tanque para ali se instalar e deixar a água pronta para a fase seguinte.

Filtração

A água é conduzida através de um meio poroso (areia e/ou carvão), a fim de remover os sólidos em suspensão na água e de a clarificar.

Desinfeção

Nesta etapa, os organismos e agentes patogénicos causadores de doenças são removidos por vários métodos, incluindo a cloração. Uma vez concluído este último processo, a água está pronta para ser consumida pela população.

Desidratador de lamas

Após o processo de coagulação, pode ser adicionado um desidratador de lamas para transformar as lamas em sólidos facilitando o seu manuseamento.

Produtos químicos para Estações Potabilizadoras

Seguidamente, encontrará a nossa gama de produtos específicos para utilização em Plantas Potabilizadoras.

  • BD Oxitap
  • Gama BD DEPURFER
  • Gama BD DEPURAL
  • BD SODAL
  • Gama BD POLIFLOC
  • BD POLIFLOC MIDO
  • Gama BD CARBON

Dessalinizadora de água do mar

Uma estação de dessalinização de água do mar (SWDP) ou estação de dessalinização é uma instalação industrial concebida para remover o sal da água do mar a fim de obter, através de uma série de processos, água potável. Este processo de purificação da água é muito dispendioso em termos de energia, contudo, em alguns países a necessidade justifica o enorme consumo de energia deste tipo de instalação  

Existem diferentes métodos para reduzir os níveis de salinidade da água (destilação, congelação, formação de hidratos, evaporação instantânea ou eletrodiálise) mas o mais difundido é a osmose inversa. Esta tecnologia passa a água através de uma série de membranas, aplicando meios de pressão mecânica que contrariam a pressão osmótica natural, fazendo com que a água seja transferida da área com a maior concentração de sais para a área com a menor concentração, purificando-a durante o processo.  

Etapas das estações de dessalinização

Para dessalinizar a água, esta passa por diferentes etapas:  

Pré-tratamento

A água salgada é recolhida através de tubos coletores de várias centenas de metros de comprimento localizados no fundo do mar. São transportados para a área de pré-tratamento onde os sólidos em suspensão são separados e o hipoclorito de sódio é adicionado para eliminar bactérias e microrganismos.

Filtração

A água passa através de filtros de areia e coagulantes como o cloreto férrico, que ajudam a tamisar as partículas mais pequenas que permanecem dissolvidas na água.

Microfiltração

A água passa por filtros de cartucho especiais contendo carvão ativado e outros produtos capazes de reter as micro-impurezas restantes.

Osmose inversa

Esta é a etapa mais importante, passando a água por membranas que convertem a água salgada em água doce. A pressão mecânica é aplicada ao recipiente da solução mais concentrada, a água move-se na direção oposta, separando o sal durante o processo.

Pós-tratamento

Nesta fase, a água é remineralizada adicionando cal e dióxido de carbono para a tornar adequada para o consumo humano. A água é armazenada em tanques especiais, prontos para distribuição.

Productos químicos para Estações Dessalinizadoras

Seguidamente, encontrará a nossa gama de produtos específicos para serem utilizados em estações de dessalinização.

  • BD Oxitap
  • Gama BD DEPURFER
  • Gama BD DEPURAL
  • BD SODAL
  • Gama BD POLIFLOC
  • BD POLIFLOC MIDO
  • Gama BD CARBON

Qualidade

Certificações que garantem o cumprimento dos mais elevados padrões de qualidade em termos de produtos, serviços e gestão.

Como posso ajudá-lo?

Mathieu Morin
Responsável de Setor de Atividade